TURISMO-SA
City Break Facebook Instagram Twitter Youtube
EVENTOS

Cachaça Mazzaropi vai participar do Festival da Cachaça Gourmet e Café do Vale do Paraíba este ano



Evento acontece de 7 de abril a 31 de maio e vai reunir 50 restaurantes e 50 marcas de cachaça

De 7 de abril a 31 de maio, acontece o Festival Cultural e Gastrônomico Cachaça Gourmet do Vale do Paraíba, com a participação de 50 restaurantes e 50 marcas de cachaça, entre elas a Cachaça Mazzaropi. Cada restaurante foi convidado a preparar um prato e um coquetel, usando uma das cachaças como principal ingrediente. O público vai votar nos melhores pratos e coquetéis. No ano passado, o primeiro lugar entre os pratos ficou com a Cervejaria Devassa, que preparou o “robalo de pileque e a cachaça andante” e dos coquetéis o público elegeu o drinque “Capim Guiné”, do Jardim Cultural, usando a Cachaça Paratiana Prata.

Cachaça Mazzaropi - Festival Cultural e Gastrônomico Cachaça Gourmet do Vale do Paraíba
Cachaça Mazzaropi com produção de 5 a 6 mil litros por ano

Participam do festival este ano também restaurantes de Campos do Jordão, Cunha, Guaratinguetá, São José dos Campos, Taubaté e Tremembé. Para conhecer a relação dos estabelecimentos participantes, basta acessar http://festivalcachacagourmet.com.br/sp/restaurantes

A produção da Cachaça Mazzaropi está centralizada na Fazenda Fortaleza, em São Luís do Paraitinga (SP) e a armazenagem é feita em Taubaté, no Hotel Fazenda Mazzaropi. A bebida começou a ser produzida sem muita pretensão há alguns anos e, graças ao sucesso, primeiro entre os hóspedes do hotel, foi ganhando mais e mais investimentos. Atualmente, a Cachaça Mazzaropi já é comercializada em diversas lojas no Estado de São Paulo.

Mesmo com o processo de comercialização intensificado, a Cachaça Mazzaropi continua sendo produzida artesanalmente de 5 a 6 mil litros/ano. A obtenção de um produto de alta qualidade se dá por meio de alguns cuidados relacionados à análise química e sensorial, além de critérios rigorosamente seguidos. Primeiro, a seleção da cana, a colheita e a fermentação, sendo que todo esse processo é realizado sem qualquer adição de substâncias químicas. Segundo, são descartados o início e o fim da destilação, somente o “coração” da cachaça é selecionado para descansar em barris de carvalho americano e francês de até 200 litros em ambiente com temperatura e umidade controlados e por, no mínimo, 18 meses, o que confere cor e o aroma da Cachaça Mazzaropi.

Na quarta edição do concurso da USP de São Carlos, em 2010, a cachaça Mazzaropi recebeu uma medalha de prata. No ano passado, a bebida foi premiada também no VIII Concurso de Cachaça de Alambique promovido pelo Departamento de Alimentos e Nutrição da Faculdade de Ciências Farmacêuticas da UNESP/Araraquara. Na ocasião, recebeu uma medalha de bronze

Saiba mais: www.cachaçamazzaropi.com.br

Fonte: Assessoria

Postado por Angela Karam - 13:33 às 19/02/2015





Leia mais sobre Eventos