×
DESTINOS NACIONAIS DESTINOS INTERNACIONAIS CITY BREAK TURISMO E MERCADO FEIRAS EVENTOS HOTELARIA GASTRONOMIA DICAS NEWS BY PR NEWSWIRE ÚLTIMAS NOTÍCIAS PARCEIROS SERVIÇOS QUEM SOMOS - EQUIPE CONTATO
     

Whats Instagram Instagram Facebook
×
ENCONTRE SUA NOTÍCIA

TURISMO-SA - Angela Karam e Camila Karam
EVENTOS

Programação reúne artistas de diversas nacionalidades em apresentações na rua, cortejo e circo para bebês





O Festival Internacional Sesc de Circo chega em 2019 à quinta edição e apresenta um panorama de companhias e artistas que apostam na combinação de diferentes linguagens, como dança, música, teatro e cinema, para a criação de dramaturgias que expandem as fronteiras da arte circense e reforçam sua potência narrativa e artística. Durante onze dias, o Sesc São Paulo recebe 29 atrações nacionais e estrangeiras, além de atividades formativas e filmes.

O evento acontece bianualmente nas diversas unidades do Sesc e neste ano o Sesc Avenida Paulista participa com uma série atividades de diferentes formatos e para todos os públicos, com artistas internacionais e produções nacionais. No dia 16 de junho, domingo, integrantes da Le Lido, escola francesa de circo, apresentam "Os Pássaros do Lido", com malabarismo e acrobacias aéreas na Avenida Paulista, em frente ao Sesc. No mesmo dia, o Grupo Somos Eu, do Rio de Janeiro, mostra ao público uma intervenção de contorcionismo e dança. De 20 a 22 de junho, quinta a sábado, o Coletivo Antônia, do Distrito Federal, apresenta "Bubuia", espetáculo de circo voltado para bebês e crianças de até 3 anos. A montagem é baseada no conto "A Terceira Margem do Rio", de Guimarães Rosa, e traz elementos que instigam a percepção dos pequenos. Já no dia 22, sábado, acontece o "Cortejo das Martas", com a Cia. Las Martas, que traz integrantes da América Latina e do Brasil com números de equilíbrio, malabarismo e dança. Em duas apresentações no dia 23, domingo, os quenianos da companhia Sarakasi Trust mostram para o público um estilo de acrobacia própria, com saltos e pirâmides humanas em um ritmo muito rápido: o Afrikan Show.

Todas as intervenções são gratuitas e abertas ao público, somente para o espetáculo "Bubuia" é necessário adquirir ingressos, que custam entre R$6 e R$20 (crianças até 12 anos não pagam).

Programação do Sesc Avenida Paulista para o Festival Circos:


Os Pássaros do Lido

Os Pássaros do Lido - Foto: Christophe Trouilhet
Os Pássaros do Lido - Foto: Christophe Trouilhet

O grupo reúne 15 artistas de oito países (Brasil / Espanha / Rússia / Portugal / Argentina / México / Chile / França), cujo trabalho aborda questões contemporâneas urgentes, a partir dos movimentos circenses.

A encenação é feita por meio de situações que mesclam momentos de tensão e humor. São usadas técnicas da dança contemporânea, acrobacias aéreas e malabarismo, com destaque para os números com claves – peças em formato de pera alongada que os malabaristas jogam para o alto. O grupo é formado por alunos da escola de circo francesa Le Lido, sediada em Toulouse, na França.

Ficha Técnica:

Direção: Sylvain Cousin

Elenco: Rodrigo Ceribelli, Cássia Cristina, Maria Pinho, Nayeli Gonzalez, Joaquin Carmona, Pia Oliva, Maria Petukhova, Antonio Milheiriço, Eyal Bor, Sergio Capusotto, Clement Broucke, Gentiane Garin, Belen Celedón Moraga, Devin Tucker, Daniel Tamariz-Martel

Quando: dia 16 de junho - às 16h
Onde: Avenida Paulista, em frente ao Sesc
Classificação: Livre


Somos Eu


Grupo Somos Eu (RJ) |  Foto: Vanessa Calado

O corpo é o veículo da criação da dupla de artistas dessa intervenção, que mostra como a compatibilidade de pensamentos e valores entre pessoas pode ser traduzida em movimento.

A música instrumental, com marcações precisas e momentos de suspense, dá o tom do encontro entre os intérpretes. Tudo começa pela base, no contato das peles com o solo. Depois, manifesta-se no embate entre os corpos, lançados um contra o outro. A dramaturgia reforça a capacidade de entrega e confiança, além da elasticidade e do vigor dos artistas. A montagem segue, então, para movimentações dinâmicas, que mesclam acrobacia, contorcionismo e dança.

Formados pela Escola Nacional de Circo do Brasil, com experiência anterior em dança, os dois artistas do Grupo Somos Eu apostam na união dessas duas linguagens artísticas.

Ficha Técnica:

Criação e coreografia: Thalita Nakadomari

Elenco: Luísa Rodrigues e Vinícius Marques

Música: Sand (Nathan Lanier)

Produção local: Camila Scatena – .equi|ibre.

Quando: Domingo, dia 16 de junho - às 12h e às 14h

Onde: Praça (térreo)

Classificação: Livre


Bubuia


Coletivo Antônia (DF) | Foto: Diego Bresani

O conto de Guimarães Rosa "A terceira margem do rio" é o ponto de partida de Bubuia, uma interpretação livre da obra sobre um homem que abandona tudo para viver sozinho, em uma canoa no meio do rio.

A montagem apresenta elementos que instigam a imaginação e a percepção sensorial das crianças. Baldes e bacias de água são dispostos no palco, que fica no mesmo nível dos pequenos espectadores. Bexigas brancas são enchidas e esvaziadas pelo elenco. Um barquinho navega no ar, e não nas águas.

Bubuia se conecta com o público por meio de sugestões, deixando as crianças livres para criarem, elas próprias, o restante do enredo. As três atrizes dão cambalhotas, rastejam e andam em quatro apoios, movimentos familiares aos bebês, abrindo mais um canal de comunicação com eles. "Uma das principais provocações do espetáculo é a de que não existem barreiras temáticas para se fazer arte para bebês", diz a atriz Cirila Targhetta.

A dramaturgia é uma parceria entre o Coletivo Antônia, que ganhou o Prêmio Sesc/DF de melhor espetáculo infantil em 2017 por Voa, e Instrumento de Ver, em sua primeira incursão no mundo do teatro para bebês.

Ficha Técnica:

Direção artística: Beatrice Martins, Daniel Lacourt e Julia Henning (Instrumento de Ver)

Dramaturgia: Coletivo Instrumento de Ver e Coletivo Antônia

Elenco: Cirila Targhetta, Kamala Ramers e Tatiana Bittar

Quando: de 20 a 22 de junho - às 15h e às 17h

Onde: Praça (térreo)

Classificação: Livre - espetáculo para bebês e crianças de até 3 anos

Quanto: R$ 20,00 (inteira); R$ 10,00 (meia: estudante, servidor de escola pública, + 60 anos, aposentados e pessoas com deficiência); R$ 6,00 (credencial plena: trabalhador do comércio de bens, serviços e turismo matriculado no Sesc e dependentes). Crianças até 12 anos não pagam


Cortejo das Martas


Cia Las Martas | Foto: Tania Kolocada

A Cia. Las Martas é formada por seis artistas de diferentes nacionalidades da América Latina (Argentina/Brasil/Chile) que apresentam números de equilíbrio, malabarismo e dança, enquanto tocam uma trilha sonora composta por ritmos como salsa, cumbia e forró. Elas se revezam entre saxofone, trompete, pratos, bumbo, clarinete e outros instrumentos. Além disso tudo, fazem seus improvisos cômicos, os chamados gags, ou cacos.

Nesse cortejo itinerante, o objetivo da companhia é provocar uma reflexão sobre o papel das mulheres na sociedade contemporânea, abordando as relações entre elas e o mundo, os vínculos que encorajam essas mulheres e promovem acolhimento.

Fundada em 2014, a Cia. Las Martas reúne artistas sul-americanas que fazem performances de rua. Segundo o grupo, a "Marta" representada no espetáculo e no nome da companhia sintetiza muitas mulheres e suas diversas habilidades.

Ficha Técnica:

Direção geral e concepção: Cia. Las Martas

Elenco: Rocio Romero, Consuello Fernández, Sara Peper, Painé Santamaría e Josefina Siro

Quando: dia 22 de junho - às 20h

Onde: Avenida Paulista, em frente ao Sesc

Classificação: Livre


African Show


Sarakasi Acrobats (Ken) | Foto: Jose Contez e Sarakasi Trust

A intervenção, inédita nas Américas, é realizada por cinco acrobatas do Quênia e celebra a cultura africana. A referência ao país de origem dos artistas aparece na maneira como executam os movimentos, explica Marion Op het Veld, diretora geral da companhia. "O estilo das acrobacias é tipicamente queniano: fazem os saltos e as pirâmides humanas sempre num ritmo muito rápido", diz. A diretora destaca, no entanto, que o trabalho traz também elementos do continente africano como um todo.

Um dos destaques é o limbo, em que uma pessoa deve passar embaixo de um bastão sem tocá-lo enquanto dança. Números de pirofagia e acrobacias aéreas com argolas completam a performance, cuja trilha traz a sonoridade da rumba congolesa, também conhecida como lingala, alusão ao nome de um idioma banto falado no noroeste do Congo.

O Sarakasi Warrior Acrobats faz parte da Sarakasi Trust, companhia criada há 18 anos em Nairóbi, capital do Quênia.

Ficha Técnica:

Direção, figurino e trilha sonora: Sarakasi Trust

Elenco: Majaliwa Chivatsi, Ramadhan Matano, Awadh Abdalla Ali, Peter Lewa, Amadi Ali

Quando: dia 23 de junho - às 14h e às 16

Onde: Avenida Paulista, em frente ao Sesc

Classificação: Livre

SERVIÇO:

FESTIVAL CIRCOS – Programação do Sesc Avenida Paulista


Quando: de 16 a 23 de junho de 2019

Horário: Diversos horários

Quanto: Atividades gratuitas e pagas, verifique a necessidade de adquirir ingressos

Classificação: Livre

SESC AVENIDA PAULISTA

Avenida Paulista, 119, Bela Vista, São Paulo

Fone: (11) 3170-0800

Transporte Público: Estação Brigadeiro do Metrô – 350m

Horário de funcionamento da unidade:

Terça a sábado, das 10h às 22h.

Domingos e feriados, das 10h às 19h.

Horário de funcionamento da bilheteria:

Terça a sábado, das 10h às 21h30.

Domingos e feriados, das 10h às 18h30.

Site: www.sescsp.org.br/avenidapaulista

Facebook: facebook.com/sescavpaulista

Instagram: @sescavpaulista

App Sesc Avenida Paulista: disponível para download gratuito em celulares e tablets no endereço sescsp.org.br/avenidapaulista

ASSESSORIA DE IMPRENSA DO SESC AVENIDA PAULISTA

Gean Carlo Seno

(11) 3170-1400 / 95431-9106


Postado por
- 09:52 às

Tópicos: Circense - Coreografia - Companhia





Leia mais sobre Eventos

LEIA TAMBÉM: