TURISMO-SA
City Break Facebook Instagram Twitter Youtube
GASTRONOMIA

Cinco dos melhores restaurantes do Caribe de 2016 estão em Saint-Martin



Cinco dos melhores restaurantes do Caribe de 2016 estão em Saint-Martin

Chegou! A aguardada lista dos « 50 melhores restaurantes do Caribe - 2016 », do Caribbean Journal foi oficialmente divulgada em 21 de dezembro. E o lado francês de Saint-Martin encabeça a lista!

Para entrar nesta lista, « é necessário combinar três constantes que tornam uma refeição algo extraordinário: a comida, o serviço e o ambiente », de acordo com o Caribbean Journal. Com mais de 500 restaurantes na ilha, Saint-Martin é conhecida por sua diversidade culinária, assim, não é exatamente uma surpresa que cinco dos 50 restaurantes estejam bem do lado francês da ilha. A Secretaria de Turismo de Saint-Martin parabeniza os cinco estabelecimentos, que estão nas seguintes posições:

Le Pressoir #1

Le Pressoir

www.lepressoirsxm.com

Le Tastevin #5

Le Tastevin
www.letastevin-restaurant.com

Le Soleil #7

Le Soleil
www.restaurant-le-soleil.com

Sol e Luna #29

Sol e Luna
www.solelunarestaurant.com

La Petite Auberge des Îles #32

La Petite Auberge des Îles
Auberge De La Mer marina La Royale 97150 Marigot, Saint Martin

Sobre Saint-Martin

Localizada a 250 quilômetros ao norte do arquipélago de Guadalupe e a 240 quilômetros a leste de Porto Rico, encontra-se Saint-Martin. A ilha de águas cristalinas e areais brancas é um verdadeiro pedacinho do paraíso com suas 37 praias de beleza deslumbrante e seus mais de 500 restaurantes. Entre eles encontram-se o Le Pressoir e o Le Taste Vin, referências da gastronomia mundial que ajudaram a dar ao balneário o título de capital gastronômica do Caribe. Os atrativos da ilha incluem, ainda, inúmeras perfumarias, joalherias e lojas de eletrônicos com mercadorias que saem a preços para lá de especiais, pois a ilha é isenta de impostos desde os anos 1960.

Ao norte fica a parte francesa, cuja capital é Marigot e onde bistrôs e hotéis-butiques dominam a paisagem. O idioma local oficial é o francês e a moeda o euro, mas a maioria dos estabelecimentos aceita o dólar. Na Marina Royale, bem no centro da capital, a sensação é de se estar na Riviera Francesa, com barcos de luxo atracados, cafés e creperias com mesinhas na calçada.


Fonte: Assessoria de Imprensa

Postado por Angela Karam - 01:05 às 08/02/2017





Leia mais sobre Gastronomia