TURISMO-SA
City Break Facebook Instagram Twitter Youtube
DESTINOS INTERNACIONAIS

Antofagasta é o lar do primeiro observatório astronômico público do Chile



Céu de ouro

O Chile vai ganhar seu primeiro observatório astronômico público! O local é uma proposta para que as pessoas possam estudar o universo e aprender mais sobre o trabalho na área da astronomia. Conhecido por ter um dos mais limpos céus do mundo, o país oferece muitas opções para o turismo astronômico, e uma das áreas mais procuradas para a atividade é a de San Pedro de Atacama.



Os observatórios são onde muitas descobertas da astronomia são feitas. Por sua importância e porque o céu do Chile é um dos melhores para observação dos astros, a Universidade de Antofagasta, por meio de sua Unidade de Astronomia, criou um projeto para construir o primeiro observatório público do país na antiga estação de Yungay, na região de Antofagasta. A ideia é permitir que as pessoas estudem o universo, vejam o trabalho das observações e entendam como os dados são coletados profissionalmente. A previsão é que o local fique pronto em março, e o público já poderá visitar a partir do segundo semestre deste ano. O programa "First Light" complementará o projeto com um plano educacional que irá beneficiar toda a comunidade através do desenvolvimento de pesquisas em astronomia e turismo para a região. Tudo será baseado em palestras e observações com telescópios solares. Um concurso para dar nome ao observatório está aberto na fanpage do Proyecto Primera Luz (https://www.facebook.com/proyectoprimeraluz).

Beleza do céu noturno do Chile

San Pedro de Atacama
A região de San Pedro de Atacama é uma das áreas mais privilegiadas do mundo para observar o céu noturno, não só por sua quase nula poluição luminosa, mas também pela ausência de nuvens. A experiência pode ser vivenciada a olho nu. Quem quiser explorar o céu da cidade localizada a 1.630 quilômetros ao norte de Santiago, basta olhar para cima todas as noites.

Região de Coquimbo
A Região de Coquimbo tem um diferencial: a pureza de seus céus. Com uma média de 300 dias de céus claros ao ano, a límpida atmosfera e a escassa poluição luminosa, permitiram que há três décadas se instalassem observatórios astronômicos científicos de fama mundial nas colinas da região. Nos últimos 10 anos, a geografia desta área do Norte Chico foi sendo povoado por uma série de cúpulas com potentes telescópios destinados ao turismo.

http://www.thisischile.cl

Fonte: Imaginadora

Antofagasta - a cidade com a melhor qualidade de vida no Chile


Postado por Angela Karam - 09:25 às 20/02/2015





Leia mais sobre Destinos Internacionais