TURISMO-SA


TURISMO E MERCADO

Férias com a criançada na Amazônia




Divulgação: CAP AMAZON

A Turismo Consciente oferece roteiro de barco para uma experiência enriquecedora para pais e filhos através da cultura, história e natureza da região


Com a filosofia de que conhecer a Amazônia pode e deve ir além de descobrir suas belezas naturais, a Turismo Consciente sugere também uma verdadeira imersão cultural na região durante as férias da garotada, em janeiro de 2018. Expert em viagens pela floresta amazônica, a agência oferece um roteiro de seis dias navegando pelos rios Tapajós e Arapiuns, em Alter do Chão, no Pará, a bordo do Belle Amazon - um aconchegante barco estilo iate. Vivências tais como visitar a Amazônia, sua floresta, rios e igarapés, conhecer seu povo, sua cultura e os projetos que tornam o destino tão encantador, poderão ser trazidas na mala ao final da viagem, para um início de ano enriquecedor.


Belle Amazon


Alter do Chão - Divulgação: CAP AMAZON

O roteiro, de 8 a 13 de janeiro,tem início em Santarém, onde um traslado de aproximadamente 40 minutos leva os viajantes até Alter do Chão. Este primeiro dia é dedicado à desaceleração e conexão com o lugar - Alter está na beira do rio Tapajós e é procurada por turistas que gostam de estar em contato com a natureza e, ao mesmo tempo, ter opções para curtir a noite com música e gastronomia regional, conhecer outras pessoas ou apenas relaxar. No dia seguinte, é hora de embarcar no barco Belle Amazon, com a primeira parada para mergulho nas águas do rio Tapajós. A embarcação é espaçosa e confortável, possui nove suítes, salas de estar, espaço aberto de lazer e oferece um cardápio regional sempre apreciado pelos passageiros.

Na programação está prevista visita à cidade Belterra, uma vila idealizada por Henry Ford em 1930 e considerada um marco do ciclo da borracha na região, passeio pela Floresta Nacional doo Tapajós, uma importante unidade de conservação com mais de 500.000 hectares. A manhã se inicia em uma comunidade local, onde os viajantes aprenderão sobre preservação da Amazônia em uma conversa sobre as Unidades de Conservação e o papel dos órgãos governamentais e não governamentais. De lá, os viajantes seguem a pé para outra comunidade, para um passeio de canoa pelas águas cristalinas dos igarapés. No retorno, bebidas e petiscos aguardam os hóspedes antes do almoço. A navegação segue para o rio Arapiuns, afluente do Tapajós, com parada para avistar botos cor-de-rosa, verdadeiro símbolo da região amazônica.


Foto: Lais Carvalho - Divulgação: CAP AMAZON

A rota prevê ainda paradas para nadar em belíssimas praias - como a Ponta do Icuxi ou a praia de Ponta Grande -, atividades em localidades especialmente preparadas para receber turistas, conhecer a Casa da Farinha e o processo de produção dos alimentos derivados da mandioca e que são a base da alimentação das populações amazônicas.

O passeio termina no Canal do Jari, mais conhecido como o dormitório dos pássaros da região e um estreito braço do rio Amazonas – ideal para a observação de alguns animais como jacarés, iguanas e papagaios. Durante o café da manhã de despedida, o barco volta para a vila de Alter do Chão, com parada na ponta do Cururu para o último mergulho.


Casa da farinha - Divugação: CAP AMAZON)

O valor em cabine dupla a partir de R$ 4.200,00 por pessoa e inclui traslados terrestres, uma noite de hospedagem com café da manhã em Santarém, quatro noites de hospedagem em cabines suítes com ar-condicionado no barco Belle Amazon, pensão completa a bordo com bebidas incluídas (água mineral, sucos, refrigerantes, cervejas e caipirinhas), passeios e taxas comunitárias de visitação, guia de turismo credenciado, anfitrião da Turismo Consciente a bordo, seguro viagem e kit Turismo Consciente.

Crianças de 3 a 5 anos, dividindo a cabine com um ou dois adultos, pagam 50% do valor da cabine dupla.
De 6 a 9 anos,pagam 75% do valor da cabine e, a partir de 10 anos, pagam valor integral.

Saiba mais: turismoconsciente.com.br

Fonte: Assessoria de Imprensa

Postado por Angela Karam - 09/11/2017 às 16:05



Leia mais sobre Turismo e Mercado - Página inicial