TURISMO-SA - Angela Karam
City Break Facebook Instagram Twitter Youtube
TURISMO E MERCADO

Carsharing, nova tendência traz muitas vantagens para o usuário



Para uma viagem sem muita burocracia e com o tempo e custo maximizados, muitas pessoas estão investindo no compartilhamento de veículos promovido pela moObie, maior plataforma do modelo no Brasil.

É bem simples: usuários que não utilizarão seus carros em determinadas datas poderão disponibilizá-los para pessoas que precisarão dos automóveis para realizar uma viagem ou mesmo passear através de um serviço barato e personalizado. Dessa forma, para o proprietário, surge a possibilidade de se gerar renda extra, e para o usuário uma ótima oportunidade de chegar com conforto até seu destino e se locomover lá.

O método é também uma ótima opção para quem quer fugir do trânsito: segundo o estudo Shared Mobility, da Universidade da Califórnia, o carsharing retira, em média, de nove a treze automóveis das ruas.

carsharing
Foto: gooutside.com.br

Presente no mercado há menos de dois anos, a moObie, comunidade criada para promover a economia criativa e incentivar soluções para a mobilidade urbana, tem se destacado no mercado. A startup já soma 150 mil usuários cadastrados no aplicativo e o número de veículos cadastrados passou de 5 mil para 7 mil nos últimos meses, com atuação em diversas capitais por todo o Brasil.

A locação acontece de Pessoa para Pessoa (P2P) por meio de um app intuitivo e prático. O condutor que precisa de um carro cadastra o cartão de crédito e a CNH pelo celular, que é avaliada pelo time da moObie quanto à validade e regularização, além de outros critérios que garantem a segurança da comunidade. O proprietário cadastra seu carro que passa por uma validação na qual são verificados a situação junto ao Detran/Denatran, vigência do seguro e critérios de elegibilidade.

Depois de cadastrado, o interessado acessa o app para buscar o veículo disponível mais indicado à sua necessidade em um mapa de localização, verifica preço e solicita a reserva. Do outro lado, o dono visualiza o pedido e tem autonomia para aceitar ou não a solicitação na data especificada, de acordo com sua disponibilidade. O pagamento é feito no ato da confirmação da reserva via cartão de crédito do condutor e entra na conta do proprietário do carro cadastrada na moObie em datas pré-definidas.

No ato da entrega das chaves, é realizado um checkin no próprio app e na devolução é feito checkout via celular. O carro deve ser devolvido nas mesmas condições em que foi entregue, limpo e abastecido. Caso haja infração ou acidente durante a locação, há processos preestabelecidos. O número da habilitação do usuário fica registrado e o carro está segurado durante todo período de locação. Se houver sinistro, a seguradora da moObie é a responsável e não a do proprietário. E se houver infração, os pontos vão para o usuário, não para o dono do carro.

Mais em: https://www.moobie.com.br

Postado por Camila Karam - 22:30 às 24/11/2018

Tópicos: Aplicativo - Mobilidade - Plataforma - Compartilhamento



Leia mais sobre Turismo e Mercado