×
TURISMO SA FOR BUSINESS DESTINOS NACIONAIS DESTINOS INTERNACIONAIS CITY BREAK TURISMO E MERCADO FEIRAS EVENTOS HOTELARIA GASTRONOMIA DICAS TURISMO SA TV TESTADO E APROVADO ÚLTIMAS NOTÍCIAS PARCEIROS QUEM SOMOS - EQUIPE CONTATO
     

Whats Instagram Instagram Facebook
×
ENCONTRE SUA NOTÍCIA

TURISMO-SA - Angela Karam e Camila Karam
GASTRONOMIA

Do grego ao baiano, os pratos mais famosos (e saborosos) têm por trás um fiozinho de azeite, que ainda ajuda na saúde





O azeite é um dos ingredientes mais antigos e versáteis da culinária. Popular na gastronomia mediterrânea, ele acompanha pratos que vão desde clássicos gregos até iguarias baianas, conferindo sabor, aroma e textura aos pratos típicos dessas regiões. Na cozinha grega, o líquido dourado tem história: era considerado um presente dos deuses. Hoje, rega saladas, peixes e até doces. Já nos preparos baianos, a versão querida é o azeite-de-dendê, trazido pelos africanos, e usado em receitas muito famosas, como acarajé e bobó-de-camarão. 

E os motivos para incluir o azeite na dieta não são apenas gastronômicos: ele também auxilia na saúde! Rico em ácidos graxos monoinsaturados e antioxidantes, ajuda na redução do colesterol ruim e no combate aos radicais livres. Assim, um consumo regular pode diminuir o risco de doenças cardiovasculares e melhorar a digestão. 

Portanto, tanto na cozinha grega quanto na baiana, o azeite desempenha um papel fundamental, trazendo sabor, aroma e até benefícios à saúde. Seja regando uma salada grega ou dando cor a uma moqueca baiana, esse ingrediente versátil e saboroso é indispensável na culinária dessas regiões. Que tal experimentar?

Petros Greek Taverna 

Mezés | Gustavo Pitta

A Petros Greek Taverna, agora com duas unidades em Pinheiros, oferece um cardápio bastante diferente do que os paulistanos estão acostumados, afinal, a casa é especializada em culinária grega da entrada às sobremesas. Com a segunda unidade inaugurada em setembro, vale uma visita para provar o Mezes (R$40), pão pita tostado na parrilla com orégano, azeite e azeitonas gregas Kalamata, acompanhado de tzatziki, melitzanosalata e fava.

Unid 1: Rua Dr. Virgílio de Carvalho Pinto, 137, Pinheiros | Telefone: (11) 3898-5890 | Horário de funcionamento: de terça a sexta, das 12h-15h e 19h-23h; aos sábados, das 12h-16h e 19h-23h; e aos domingos, do meio-dia às 17h | Não abre na segunda.

Unid 2: Rua Costa Carvalho, 72, Pinheiros | Telefone: (11) 3032-8778 | Horário de funcionamento: de terça a quinta, das 12h-15h e 19h-23h; às sextas e sábados, das 12h às 23h; e aos domingos, das 12h às 17h | Não abre na segunda.

Ella Fitz 

Crudo | Divulgação

O Ella Fitz, restaurante mediterrâneo comandado pela chef Ana Cremonezi, tem no cardápio o Crudo de atum e framboesa (R$72), feito com pistache, hortelã e stracciatella, que ainda recebe no final um azeite de hortelã para trazer mais frescor à receita.

Rua dos Pinheiros, 332 - Pinheiros, São Paulo | Telefone (11) 93083-8387 | Horário de funcionamento: de segunda a quinta, das 12h às 15h e das 18h30 às 23h; às sextas, das 12h às 16h e das 18h30 às 23h; aos sábados, das 12h às 23h; e aos domingos, das 12h às 21h. 

Santo Colomba

Santo Colomba - Coda di Bue
Coda di Bue | Monica Quinta

O restaurante comandado pelo Chef Alencar, faz bom uso do azeite, em sua maioria importados da Itália e de Portugal. Alguns molhos que acompanham as massas e pratos como o Stracotto e Coda di Bue levam os exemplares da terra da bota. Já no delicado arroz de bacalhau é o azeite português que se destaca. 

Alameda Lorena, 1157- Jardim Paulista, São Paulo | Telefone (11) 96324-0249 | Horário de funcionamento: de terça a sexta, das 12h às 15h e das 19h às 23h; aos sábados, das 12h às 16h e das 19h às 23h; e aos domingos, das 12h às 16h. 

Èze

ze_Faux raviolis_RodolfoRegini
Faux Raviolis | Rodolfo Regini

O restaurante Èze, com ares mediterrâneos, faz bom uso de azeites, sob a tutela da chef Uélita Bertani. Um deles está no Faux Raviolis (R$48), uma das entradas mais pedidas, os falsos raviolis são feitos com picles de beterraba recheado de tapenade vegano, pesto de castanhas, pó de beterraba e finalizado com azeite de manjericão.

Alameda Tietê, 513 – Jardins – São Paulo/SP | Fone.: (11) 95141-4136 | Horário: Segunda a quinta, 12h às 15h30 e das 19h às 23h, sexta das 12h às 15h30 e das 19h às 00h, sábado das 12h às 00h e domingo das 12h às 17h. 

Ki-Mukeka

Ki-Mukeka_Moqueca de Camaro_Foto_Ricardo DAngelo
Moqueca de Camarão | Ricardo D'Angelo

Os paulistanos vão poder provar a receita autêntica da moqueca baiana com a inauguração do Ki-Mukeka, em Pinheiros, comandado pelo chef Thiago Morais. O restaurante vem da Bahia e já tem fama nacional, sendo reconhecido pelos pratos típicos, sobremesas e drinks. Para provar o sabor clássico do azeite-de-dendê baiano, peça pela Moqueca de Camarão (200g por R$115,90), tradicional cozido baiano preparado na panela de barro com tomates, cebolas, pimentões, pimenta-de-cheiro e temperos verdes, regado ao leite de coco e azeite de dendê, acompanhado por arroz, farofa de dendê, feijão-fradinho e pirão. 

Rua Inácio Pereira da Rocha, 422, Pinheiros | Horário de funcionamento: de terça a domingo, das 11h30 às 16h | Fechado na segunda.



Postado por
no dia 21/12/2023 às




ENVIE PARA UM AMIGO



Leia mais sobre Gastronomia

LEIA TAMBÉM: